AMBIENTE ACREANO: PIZZARIA GUIA DO SABOR
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

domingo, fevereiro 15, 2009

PIZZARIA GUIA DO SABOR

A empresa foi criada para lucrar com a venda de pizza ou com a taxa de entrega? Sobre um pedido de R$ 23,90 é cobrada taxa de entrega de R$ 4,60 (para o bairro Morada do Sol), ou cerca de 20% do valor do pedido! Os motoboys que atendem a empresa estão faturando 'uma grana'!

Somos livres para comprar onde bem decidirmos. E neste domingo a noite, como tenho feito com uma certa freqüência nestes últimos meses, resolvi pedir pizza para o jantar. Resolvi prestigiar a pizzaria Guia do Sabor, que tem produto de qualidade, no mesmo nível da Água na Boca, uma das mais antigas de Rio Branco.

Pedi uma pizza (R$ 19,90) e um refrigerante (R$ 3,50), totalizando R$ 23,90. Até aí tudo bem. Como a gente diz: está no preço. Mas a atendente quase me fez desistir quando informou a taxa de R$ 4,60 pela entrega, ou cerca de 20% do valor do pedido!

Poderia ter cancelado o pedido, mas os meus filhos já tinham escolhido o sabor da pizza, etc. Não dava para voltar atrás.

Parei para pensar sobre o valor cobrado pela taxa de entrega da Guia do Sabor.

Nossa cidade não é uma metrópole como São Paulo! O preço da entrega da pizzaria Guia do Sabor é tão alto quanto uma corrida de mototáxi.

Mas o mais intrigante é que geralmente o motoboy que traz a pizza na nossa casa geralmente faz várias entregas em uma única viagem. Se admitirmos que ele entregue, em única noite, 25 pizzas, com taxa de entrega média de R$ 3,00 - considerando que a taxa mínima de entrega da empresa seja de R$ 2,00), a Guia do Sabor arrecadará por volta de R$ 75,00 com um único motoboy por noite. Quantos ela emprega a cada noite?

Se esse valor for repassado integralmente para o motoboy, isso significa que ele ganhará, ao final de um mês, considerando que ele trabalhe apenas 5 dias por semana, R$ 1.500,00. É isso mesmo! Mais que um professor da rede de ensino local!

Pelo visto, trabalhar como entregador de pizza para a Guia do Sabor deve ser um posto disputadíssimo. Se eu soubesse dirigir moto consideraria arriscar algumas noites do mês para faturar 'um extra'.

Fiquei pensando que talvez a referida pizzaria esteja exagerando no valor da taxa de entrega. Tem alguma coisa errada nisso. Afinal a empresa vende um produto - pizza - ou um serviço - entrega?

Para me certificar que o valor da taxa de entrega da Guia do Sabor está realmente elevado, liguei para outras empresas que entregam sanduíches ou pizzas. Confira abaixo a tabela. Vale ressaltar que moro no bairro Morada do Sol.

Liras Lanches- R$ 2,80
Diegos Lanches - R$ 2,00
Pizzaria Água na Boca - 10% do valor do pedido
BP - R$ 3,00

Para finalizar: o fato de pagar um alto preço pela taxa de entrega na Guia do Sabor não significa que a sua pizza chega a jato. Demora tanto quanto as demais pizzarias da cidade. E a embalagem é como as demais. Não tem nada de especial. Só o alto preço.
Publicado por Evandro Ferreira 1 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

O seu pensamento está corretíssimo. Principalmente a citação "Afinal a empresa vende um produto - pizza - ou um serviço - entrega?"
Na década de 1980, o até então Presidente da SAS (Scandinavian Air Systems) - empresa que na época estava em uma enorme crise e ainda por cima ganhou o prêmio de melhor administrada -, disse sabiamente: "Não vou trocar os meus DC-9 por novos Airbus. Os DC-9 são mais velhos, mas menores e mais lucrativos que os Airbus. Não estou vendendo aeronaves, estou vendendo o serviço de transporte aéreo".

19:58  

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home