AMBIENTE ACREANO: JORGE VIANA E A CANDIDATURA DE MARINA SILVA A PRESIDENTE DA REPÚBLICA
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

quinta-feira, agosto 20, 2009

JORGE VIANA E A CANDIDATURA DE MARINA SILVA A PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Jorge Viana: provável candidatura de Marina Silva não causará estrago para Dilma

O Globo
Publicada em 20/08/2009 às 00h01m
Jailton de Carvalho

RIO BRANCO - A saída da senadora Marina Silva do PT para uma provável candidatura à presidência da República pelo PV provocou um rebuliço no quadro político do Acre. Para o ex-governador Jorge Viana (PT), principal líder político no estado, o burburinho não resultará em prejuízos à campanha da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, candidata do presidente Lula. Viana disse que Marina tem expressão política nacional, mas que o Acre, base da ex-ministra, é um colégio eleitoral pequeno e não influenciará a sucessão presidencial. ( Você acha que Marina deveria ser candidata a presidente? )

Por outro lado, o PV local sonha alto: espera Marina e outros militantes históricos do PT que estariam descontentes com a crescente aproximação de Lula com adversários antigos como o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e o senador Fernando Collor (PTB-AL).

"Não menosprezamos a importância da candidatura da Marina. Mas ela não terá estrago nenhum"

- Não menosprezamos a importância da candidatura da Marina. Mas ela não terá estrago nenhum (na candidatura da ministra Dilma) - disse Viana.

O ex-governador disse ainda que, por temperamento e estilo, Marina não faria uma campanha contra um candidato de Lula. Mais do que alcançar a presidência, o projeto de Marina seria lançar uma nova proposta de desenvolvimento sustentável, não contemplada nos programas do PT ou do PSDB, segundo ela. Mas o PV e outros partidos locais têm outra expectativa.

- A saída da Marina do PT é um momento novo na política brasileira. Estamos de braços abertos - disse Elenira Mendes, filha de Chico Mendes e dirigente do PV acreano.

"Acredito que muitos outros do PT vão acompanhar a Marina"

Segundo ela, petistas locais devem seguir o caminho da senadora. Entre elas Ilzamar Mendes, a viúva de Chico Mendes. Filiada ao PT, Ilzamar disse à filha que, com a saída de Marina, trocará a militância petista pelo PV. Já antes do anúncio da saída da senadora, alguns militantes históricos estariam incomodados com a aproximação de Lula com antigos caciques da política, movimento que teria ficado mais claro em recentes afagos a Collor e a Sarney em meio à crise no Senado.

- Acredito que muitos outros do PT vão acompanhar a Marina - disse Elenira.

O governador Binho Marques (PT), amigo de Marina há 30 anos, não escondia a insatisfação. Mas evitou dar uma resposta conclusiva.

- Ainda vou refletir.

Na sexta-feira, o presidente Lula participará da inauguração do primeiro bloco de casas populares que o governo local, com apoio federal, está construindo para doar à população de baixa renda. O programa, parte dele incluído no Minha Casa, Minha Vida, prevê a construção de dez mil casas populares.

Foto: Altino Machado
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home