AMBIENTE ACREANO: MARINA DEIXA O PT
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

quarta-feira, agosto 19, 2009

MARINA DEIXA O PT

Marina Silva anuncia saída do PT e diz que negociará, a partir de agora, ida para o PV

Publicada em 19/08/2009 às 11h59m

O Globo

A senadora Marina Silva - Gustavo Miranda/ Arquivo

RIO - A senadora Marina Silva (AC) anunciou, nesta quarta-feira, em entrevista coletiva, que vai deixar o PT, após 30 anos de militância no partido. A ex-ministra do Meio Ambiente recebeu há cerca de duas semanas convite para se filiar ao PV e se candidatar à Presidência da República em 2010 pelo partido. ( Vote: Você acha que Marina deve ser candidata? )

- Comuniquei agora há pouco, através de um telefonema e uma carta a minha decisão de desligamento na fala que tive com o presidente do partido (PT). Não se trata ainda de anunciar filiação a um outro partido, quero deixar isso muito claro. Para fazer o diálogo de filiar-me ao PV, que foi o convite que me foi feito, eu precisava primeiro decidir, se iria ou não sair do PT - afirmou Marina Silva, que prosseguiu:

- A partir de agora, me sinto livre para fazer essa discussão dentro daquilo que me dispus, uma discussão em termos programáticos, de organização, tendo sempre a clareza que nenhum partido na história do Brasil é perfeito, mas que as instituições precisam das pessoas, das suas virtudes, do seu empenho para serem virtuosas - completou. (Leia também: Para leitores, Marina tira votos do PV)

A senadora afirmou que a questão da candidatura à presidência é prioritária para o PV, mas não cabe a ela decidir se é a candidata do partido. Disse ainda que não ter anunciado sua filiação nem a possível candidatura não podem ser considerados passos lentos

Desde a semana passada, Marina Silva já vem sinalizando que aceitará o convite dos verdes, apesar dos esforços feitos pelo PT, que chegou a escrever uma carta aberta , para mantê-la no partido.

O Planalto avalia que sua provável candidatura deve causar prejuízos à campanha da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), pré-candidata do PT apoiada por Lula. Em 2008, Marina deixou o Ministério do Meio Ambiente depois de duros embates com Dilma por causa de entraves ambientais para a construção de obras de infra-estrutura.

Pesquisa Datafolha , publicada domingo na "Folha de S.Paulo", mostra que a possível entrada de Marina Silva na disputa presidencial, pouco altera o quadro eleitoral, já que ela aparece em último, com 3% das intenções de voto. No levantamento, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), aparece na frente, com 37% das intenções de voto. Em segundo lugar, estão empatados a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), com 16%, e o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), com 15%.

Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home