AMBIENTE ACREANO: REFORMA DO CÓDIGO FLORESTAL: OS COMUNISTAS (QUEM DIRIA) MARCHAM AO LADO DOS RURALISTAS, LATIFUNDIÁRIOS E MULTINACIONAIS AGRÍCOLAS
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

quarta-feira, fevereiro 10, 2010

REFORMA DO CÓDIGO FLORESTAL: OS COMUNISTAS (QUEM DIRIA) MARCHAM AO LADO DOS RURALISTAS, LATIFUNDIÁRIOS E MULTINACIONAIS AGRÍCOLAS

“No Acre eles também estão colocando as ‘unhas de fora’. Uma das principais bandeiras da candidatura do Deputado Edvaldo Magalhães (PC do B) ao senado é o apoio à abertura da estrada Cruzeiro do Sul-Pucalpa”

Evandro Ferreira
Blog Ambiente Acreano

Essa é a impressão que fica ao ler a entrevista que o mais famoso e influente deputado comunista do Brasil, Aldo Rebelo (PC do B-SP), concedeu ao jornal Folha de São Paulo (08/02/2010) abordando a polêmica sobre as mudanças do Código Florestal Brasileiro, do qual é relator na Câmara Federal.

Embora afirme que ainda não tenha idéia sobre o que irá propor, o Deputado Comunista ficou na defensiva quando questionado sobre os acontecimentos ocorridos na cidade de Ribeirão Preto (SP), quando, durante uma reunião para debater as mudanças do Código, foi vaiado pelo pessoal do MST e aplaudido pelos ruralistas.

O mais incrível foi ler que o Deputado agora parece abraçar a causa da direita mais radical que existe no país. A mesma que afirma que lutar pela preservação da Amazônia, e, por tabela, ir contra os interesses dos grandes latifundiários e outros interesses empresariais altamente danosos para região, é coisa de brasileiro comprado pelos estrangeiros, entreguistas. É coisa de interesse dos estrangeiros que querem meter o bedelho nos assuntos internos do país. Coisa de ‘conspiração internacional’.

Tem algo mais conservador e direitista?

Pior que isso só os textos de militares aposentados que vivem me enviando material - para publicação no blog - abordado o tema com essa mesma percepção.

Para encerrar com chave de ouro a sua entrevista, o afamado comunista afirma que o ‘Ministério do Meio Ambiente é meio governo brasileiro, age como uma organização paraestatal’. E não é só isso. Segundo ele, a agenda do Ministério do Meio Ambiente é ligada a esses interesses há muito tempo.

Vejam como a política é dinâmica. Quando estavam na oposição, os comunistas viam as coisas de outra forma. E parece que a mudança na forma de pensar e agir dos comunistas não se restringe às cabeças coroadas de Brasília.

No Acre o abraço irrestrito à causa ambiental também está deixando de ser prioridade para o partido e seus integrantes.

O mais famoso e influente Deputado comunista do Estado, Edvaldo Magalhães (PC do B), integrante do ‘Governo da Floresta’, na ânsia de angariar apoio para sua ainda incerta candidatura ao Senado, tem, entre suas bandeiras de luta a abertura da estrada Cruzeiro do Sul-Pucalpa.

Esta claro que esta estrada será o maior desastre social para Cruzeiro do Sul e cidades adjacentes em função da explosão do consumo e tráfico de drogas que ela levará para aquela região. Além disso, ela se caracterizará como um dos maiores desastres ecológicos da Amazônia em função dos danos que causará à região da Serra do Divisor, uma das mais ricas em biodiversidades do planeta.

A sorte de Edvaldo Magalhães e dos comunistas acreanos é que na imprensa local ele não será ’ imprensado’, como seu parceiro Aldo tem sido.

(Foto: Luciano Pontes/Agazeta.net)
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home