AMBIENTE ACREANO: ARTESANATO SUSTENTÁVEL CONQUISTA ESPAÇO NO MERCADO
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

domingo, março 22, 2009

ARTESANATO SUSTENTÁVEL CONQUISTA ESPAÇO NO MERCADO

Peças com material reciclado ganham valor, ajudam na geração de emprego e a manter o equilíbrio ambiental

Por Simone Guedes, da Agência Sebrae

Belo Horizonte - Preocupados com o meio ambiente e com o compromisso social artesãos mineiros utilizam matérias recicladas e processos ecologicamente corretos para a produção artesanal. O trabalho feito com filtros de café usado, papelão e jornais velhos, peças de carro danificadas e até o antigo ferro de passar roupa estão ganhando o mercado internacional e reconhecimento nacional. Na data em que se comemora o Dia do Artesão, 19 de março, o Sebrae em Minas Gerais homenageia aqueles que transformam a criatividade e o talento em ocupação e renda.

Reaproveitar o que não tem mais serventia virou o desafio de um grupo de 26 artesãs de Betim. Juntas elas formam a Cooperativa Futurarte, que dá oportunidade de trabalho a mulheres carentes da comunidade. Pelas mãos das artesãs, jornais, revistas e lonas feitas com garrafas pet viram bolsas, bandejas, relógios e pastas escolares.

A cooperativa, que começou em 2004, produz duas mil peças por mês e gera um faturamento mensal de R$ 15 mil. Toda matéria-prima é doada pela comunidade e por empresas parceiras. As peças já são exportadas para os Estados Unidos, Alemanha, França e Espanha. “Lá fora o artesanato produzido de forma sustentável ganha mais valor. O que seria lixo para muita gente para nós é fonte de trabalho”, explica a coordenadora da cooperativa, Graziele Pierazoll.

O grupo é uma das seis unidades produtivas mineiras incluídas entre as 100 melhores do País. Elas foram vencedoras do Pêmio Top 100 de Artesanato, realizado pelo Sebrae para destacar o melhor da produção artesanal brasileira. Entre os critérios de seleção do prêmio estão aspectos relacionados ao respeito ao meio ambiente, compromisso social, eficiência produtiva e grau de inovação de produtos.

Para a artesã Simone Oliveira de Carangola, vencedora pela segunda vez da premiação, alguns materiais que iriam para o lixo podem ser matérias-primas de qualidade, como é o caso das luminárias que ela produz com filtro de café usado. Para cada luminária de aproximadamente 40 centímetros, Simone gasta nove coadores, ferro, tela galvanizada e rami (fibra vegetal). “É uma maneira barata, lucrativa e ecologicamente correta de fazer artesanato", comenta a artesã.

Já a artesã Sandra Monteiro ganhou pela primeira vez o prêmio. Ela representa a Associação Uberabense de Artesãos e Artistas. Sandra e o marido reproduzem fachadas de estabelecimentos comerciais das décadas de 20 a 40 utilizando retalhos de papelão e material reciclado.

A produção é de aproximadamente 150 miniaturas por mês. Em sete anos de trabalho, a artesã produziu 28 modelos. Os produtos são comercializados para São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Alagoas e Goiás. “Ser selecionada entre as 100 melhores unidades produtivas do Brasil é um reconhecimento pelo trabalho e uma forma de divulgar nossos produtos”, conta Sandra.

Até ferro elétrico estragado serve para fazer artesanato. Em Curvelo e Araçuaí, 80 adolescentes de baixa renda da Cooperativa Dedo de Gente reproduzem personagens, animais e paisagens descritas por Guimarães Rosa utilizando sucata de ferro. “É um resgate cultural, que envolve fatores econômicos, sociais e o compromisso ambiental”, conta a gerente administrativa da cooperativa, Aline Fabrícia de Souza.

Para homenagear os artesãos, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio da Superintendência de Artesanato, em parceira com a Secretaria de Ciência e Tecnologia, Assembléia Legislativa do Estado e Sebrae/MG, promovem, na quinta-feira (26), a exposição de artesanato cujo o tema é Pedras de Minas. Na ocasião, será apresentada uma publicação que ilustra a riqueza do artesanato mineiro produzido com pedras de várias regiões do estado.
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home