AMBIENTE ACREANO: CONFIANÇA NA JUSTIÇA BRASILEIRA
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

terça-feira, setembro 01, 2009

CONFIANÇA NA JUSTIÇA BRASILEIRA

Pesquisa indica que metade da população não confia na Justiça brasileira

da Folha Online

Uma pesquisa divulgada nesta terça-feira pela Escola de Direito de São Paulo da FGV (Fundação Getúlio Vargas) indica que o índice de confiança na Justiça é de 65 pontos, numa escala de 0 a 100.

Segundo o levantamento, realizado em sete capitais (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Brasília e Porto Alegre), o índice foi calculado a partir de dois subíndices: percepção, que avaliou a qualidade do serviço prestado pela Justiça e atingiu 50 pontos; e comportamento, que avaliou se a população recorre ao Judiciário para solucionar determinados problemas e atingiu 80 pontos.

Vale ressaltar que o subíndice de comportamento alavancou o de percepção, ou seja, a população tende a confiar pouco na Justiça, mas, apesar disso, utiliza os serviços do Judiciário.

Para a professora de Direito da FGV e idealizadora da pesquisa, Luciana Gross Cunha, neste momento, não é possível afirmar se a pontuação é alta ou baixa. "Apenas com o monitoramento constante e o estabelecimento de uma série estatística será possível chegar a esse tipo de diagnóstico."

Luciana ainda deu sua opinião pessoal. "De forma geral, eu confio na Justiça. Já precisei recorrer e tive um atendimento razoável", afirmou.

A pesquisa indica que Porto Alegre foi a capital que apresentou o índice de confiança mais alto, com 67 pontos, assim como o maior subíndice de comportamento --81. Na outra ponta, Salvador é a capital com o menor índice de confiança (63 pontos), e o menor subíndice de percepção (47).

São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte registraram índice de 65 pontos, enquanto Recife obteve 64 pontos. O levantamento excluiu direito penal do processo, porque nesses casos o Estado é obrigado a atuar, independentemente da vontade do cidadão.

A pesquisa ouviu 1.636 pessoas nas sete capitais durante os meses de abril, maio e junho.
Publicado por Evandro Ferreira 1 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

1 Comments:

Anonymous Jose Carlos said...

E o referendo no Acre da mudança de horário? Por favor, pode nos dar informaçoes? Acesse o seguinte endereço: http://www.jesocarneiro.com/geografos-criticam-mudancas-no-fuso-horario.html

No Pará havera referendo? Leia também:
http://www.jesocarneiro.com/a-hora-do-referendo.html

16:47  

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home