AMBIENTE ACREANO: ESCOLHA A RESPOSTA MENOS PLAUSÍVEL
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

segunda-feira, fevereiro 22, 2016

ESCOLHA A RESPOSTA MENOS PLAUSÍVEL

O Dr. Paz, delegado da PF presente à coletiva de imprensa que anunciou a operação ‘Acarajé’, admitiu que o marqueteiro João Santana recebeu de forma legal e devidamente declarados, mais de R$ 150 milhões de partidos políticos brasileiros para fazer suas campanhas entre 2005 e 2014.

Embora a imprensa não tenha dado destaque, João Santana - reconhecido pelo seu expertise - comandou campanhas presidenciais vitoriosas de Maurício Funes (El Salvador, 2009), José Eduardo dos Santos (Angola, 2012), Danilo Medina (Rep. Dominicana, 2012), e Hugo Chavez (2012) e Nicolas Maduro (2013) na Venezuela.

Claro que todos esses candidatos pagaram o marqueteiro brasileiro em dólares, depositados na sua Offshore criada no exterior exatamente para isso. E obviamente que por questões empresariais ele não revela quanto e de que forma a sua empresa de marketing recebeu por todos os serviços prestados acima: se foi à vista, em parcelas, antes ou depois das eleições, etc.

Na operação ‘Acarajé’ o marqueteiro está sendo acusado pelo Moro de ter recebido no exterior U$ 3 milhões entre 2012 e 2013 de uma empresa que supostamente pertence à Odebrecht, e que esse dinheiro foi resultado de propina desviada da Petrobrás.

É importante esclarecer que a Odebrecht atua em 20 países, dentre os quais se incluem Angola, República Dominicana e Venezuela, países nos quais o marqueteiro João Santana atuou em campanhas presidenciais vitoriosas entre 2012 e 2013.

Diante desse enunciado, escolha abaixo a resposta “menos plausível” para explicar o suposto depósito de U$ 3 milhões que uma suposta empresa da Odebrecht fez de recursos supostamente desviados da Petrobras na Offshores do marqueteiro João Santana:

( ) O dinheiro foi o pagamento pelos serviços prestados durante a campanha presidencial de Maurício Funes em El Salvador, realizada em 2009.

( ) O dinheiro foi o pagamento pelos serviços prestados na campanha vitoriosa de José Eduardo dos Santos em Angola, em 2012. Se ele foi depositado pela Odebrecht, faz sentido porque a empresa atua em Angola e na eleição de 2012 apoiou Santos.

( ) O dinheiro foi o pagamento pelos serviços prestados na campanha vitoriosa de Danilo Medina na Rep. Dominicana em 2012. Se ele foi depositado pela Odebrecht, faz sentido porque a empresa atua na Rep. Dominicana e apoiou Danilo Medina.

( ) O dinheiro foi o pagamento pelos serviços prestados na campanha vitoriosa de Chavez na Venezuela em 2012. Se ele foi depositado pela Odebrecht, faz sentido porque a empresa atua na Venezuela e apoiou Chavez.

( ) O dinheiro foi o pagamento pelos serviços prestados na campanha vitoriosa de Nicolas Maduro na Venezuela em 2013. Se ele foi depositado pela Odebrecht, faz sentido porque a empresa atua na Venezuela e apoiou a campanha de Maduro.

( ) O dinheiro foi um ‘adiantamento feito em 2012 ou 2013 para a campanha de Dilma Roussef. Detalhe: Dilma foi escolhida como pré-candidata apenas em 05/2014 e oficializada como candidata do PT em 06/2014. Ou seja, sua campanha recebeu dinheiro antes mesmo dela ser oficializada candidata.

OBS: Milhares de Facetontos se empolgaram com a operação ‘Acarajé’ e acreditam - desde agora - que a tese defendida pelo MP e PF é a ‘sétima maravilha do mundo’...Depois, quando a justiça de segunda instância derrubar o frágil argumento ‘imaginado’ pelos homens da lei, esse mesmo pessoal vai ficar revoltado com nossa ‘justiça injusta’...Vão ficar deprimidos porque querem...assistir apenas a Globo e demais integrantes da imprensa golpista dá nisso.
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home