AMBIENTE ACREANO: QUASE MEIO MILHÃO DE BRASILEIROS FORAM ASSASSINADOS NO BRASIL NOS ÚLTIMOS 10 ANOS
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

quarta-feira, janeiro 30, 2008

QUASE MEIO MILHÃO DE BRASILEIROS FORAM ASSASSINADOS NO BRASIL NOS ÚLTIMOS 10 ANOS

Para comparar: mortes americanas durante a guerra do Vietnam foram cerca de 60 mil em um período de 14 anos. 'Guerra' brasileira é quase dez vezes mais violenta!

Uma nota publicada no The New York Times afirma que nos últimos 10 anos (1996-2006), cerca de 465 mil pessoas foram assassinadas no Brasil. A maioria foi morta a tiros! O pais virou, literalmente, um açougue! E não estão incluídos os mortos por acidentes de trânsito, que podem atingir outros 50 mil por ano!

Segundo a nota, várias razões podem ser citadas para o alto índice de assassinatos no país: baixo número de polícias, alto índice de corrupção da polícia e a grande disparidade de renda entre ricos e pobres.

Muitas das cidades mais violentas do país ficam na região Amazônica, onde coflitos relacionados à terra e recursos naturais são resolvidos mediante a contratação de pistoleiros.

Foz de Iguacu, uma das portas de entrada do país, famosa pelas cataratas e uma das principais atrações turísticas, é o quinto município mais violento com uma taxa de mortalidade de 99 homicídios por 100 mil habitantes. Isto é duas vezes mais alto do que a taxa observada na cidade americana mais violenta.

Não me iludo. Já disse antes e repito. Áquela velha mania que a imprensa tem de encher a nossa cabeça com descrição do brasileiro como uma pessoa alegre, prestativa, simpatica, que valoriza os laços familiares, falta incluir uma nova característica: violento! Brasileiro, de uma maneira geral, é extremamente violento! Alguem duvida?

Antes que eu esqueça: tem que incluir também que, de uma maneira geral, é um povo desonesto. É isso! Pode ser trabalhador, prestativo, alegre, que valoriza os laços familiares, simpático. A tudo isso devemos incluir estes dois outros ingredientes: violento e desonesto! Alguem duvida?
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Envie este artigo para um amigo