AMBIENTE ACREANO: CORRUPÇÃO E PROGRESSO
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

domingo, março 21, 2010

CORRUPÇÃO E PROGRESSO

Cláudia Vassalo
Revista Exame, edição 962

Nos últimos 15 anos, o Brasil passou por transformações econômicas brutais, fruto, sobretudo, da intolerância que passamos a manifestar em relação ao mal da inflação.

Não fosse por isso, os brasileiros hoje não se orgulhariam de sua condição de nação emergente.

Somos o que muitos já chamam de "bola da vez" porque, num momento de nosso passado, decidimos rejeitar o rótulo de economia de pastelão.

Do ponto de vista econômico, é inquestionável que caminhamos para a frente - com um mercado mais forte, com empresas mais competitivas, com gente mais preparada.

Mas a estrada para o verdadeiro desenvolvimento - como país e como sociedade - necessariamente passará pelo despertar de nossa intolerância ao mal da corrupção, venha ela de onde vier.

O episódio da prisão preventiva do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, aparece como um sinal de esperança de que essa tão necessária transformação é possível.

Durante mais de dois meses, as vergonhosas imagens de políticos recebendo propinas, depositando maços de dinheiro sujo em meias e cuecas e arquitetando subornos foram como um tapa na cara do cidadão decente, que produz, gera riquezas para o país e paga seus impostos.

Tão humilhante quanto o ato em si era a sensação de que, mais uma vez, a despeito de tudo o que fora visto, o caso acabaria em pizza.

Demorou para que alguma providência fosse tomada. Não sabemos como o caso vai terminar.

Mas a prisão de Arruda serviu para mostrar que uma parte do poder institucional deste país não se comporta como se tudo o que está aí - para qualquer um ver - fosse perfeitamente normal.

O que se espera é que esse seja um marco de uma bem-vinda onda de intolerância com quem administra o dinheiro público zombando da honestidade.

Ilustração: Blog Protógenes contra a corrupção
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home