AMBIENTE ACREANO: FARINHA DE CRUZEIRO DO SUL
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

quinta-feira, março 13, 2008

FARINHA DE CRUZEIRO DO SUL

Pesquisa da EMBRAPA e da UFAC confirma a alta qualidade da farinha produzida em Cruzeiro do Sul

Evandro Ferreira
Blog Ambiente Acreano

Três trabalhos apresentados por pesquisadores do Laboratório de Tecnologia de Alimentos da EMBRAPA-ACRE e da Universidade Federal do Acre-UFAC durante o XII Congresso Brasileiro da Mandioca, realizado em outubro de 2007 em Paranavaí, Paraná, confirmam o que todos os acreanos já sabem há muito tempo: a alta qualidade da farinha de mandioca produzida artesanalmente pelos pequenos agricultores das redondezas de Cruzeiro do Sul.

A importância dos resultados da pesquisa realizada reside no fato de que mesmo sendo produzida manualmente, com instrumentos e equipamentos relativamente rudimentares, a qualidade microbiológica e as características físico-químicas da farinha acreana são excelentes.

No aspecto microbiológico a pesquisa concluiu que "as amostras de farinha de mandioca analisadas apresentaram contagens microbianas de acordo com os padrões estabelecidos pela legislação vigente. Com relação ao teor de umidade e acidez todas as farinhas encontram-se dentro dos limites fixados pela legislação. As farinhas analisadas são pouco ácidas".

No que se refere às características físico-químicas a pesquisa indica que "o teor de umidade, cinzas e carboidratos de todas as farinhas encontram-se dentro dos limites fixados pela legislação. As farinhas apresentam teores baixos a moderado de fibras e são pouco ácidas.
A incorporação de coco à farinha de mandioca é uma alternativa para aumentar o teor de proteína e de lipídeos ao produto. Apenas a farinha peneirada tem o teor de acidez acima do limite permitido pela legislação".

A pesquisa foi realizada pelos pesquisadores Joana Maria Leite de Souza, Francisco Álvaro Viana Felisberto, Jacson Rondinelli da Silva Negreiros e Felícia Maria Nogueira Leite(Embrapa-Acre) e Fabiana Silva Reis e Virgínia de Souza Álvares(UFAC).

Clique aqui para acessar o blog Biodiversidade Acreana, onde os trabalhos são apresentados na íntegra
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Envie este artigo para um amigo