AMBIENTE ACREANO: A BARGANHA DO FUSO HORÁRIO ACREANO
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

quarta-feira, abril 16, 2008

A BARGANHA DO FUSO HORÁRIO ACREANO

Será que Diogo Mainardi tinha razão? Será que o Acre vale mesmo um cavalo?

Evandro Ferreira
Blog Ambiente Acreano

Agora, depois que o senador Tião Viana 'esclareceu' ao presidente Lula que a mudança do fuso horário acreano 'não tem nada a ver' com a entrada em vigor da Portaria 1.220/2007, é quase certo que nós, acreanos, que elegemos o senador (eu fui um dos seus eleitores, fiz campanha, usei boné e camiseta...), deveremos ter que 'engolir' a mudança do 'nosso’ fuso horário.

E a mudança foi feita, em parte, como afirma o próprio Senador, para "aplacar em 50%" a briga dos empresários do setor de TV e rádio contra a Portaria 1.220/2007.

- O que temos a ver com isso? Quem se importa se os empresários vão ter prejuízos para atender uma determinação legal?

Eu não canso de afirmar que acho essa mudança de fuso horário injusta. Especialmente porque ela não resolve o problema que deu origem à mudança: a Portaria 1.220/2007.

Como diz o ditado. Deu a mão, quer o braço. Mudaram o fuso horário do Acre hoje. Em outubro vão exigir que o horário de verão não seja aplicado ou que todo o nordeste do país se enquadre no mesmo.

Avalio que muitos acreanos contrários à mudança sairão perdendo, e muito, especialmente porque não tiveram a oportunidade de opinar. Vivemos em uma democracia e a mudança em curso afeta a todos. Das cidades aos seringais.

Além do mais, o fuso horário é 'nosso'. Ele não pertence ao Senador Tião Viana. E quem tem o legítimo direito de fazer a mudança somos nós, que vivemos aqui no Acre!

Ilegítima é a mudança do nosso fuso horário ter sido feita por Senadores de outros Estados, que nunca puseram ou porão os pés no Acre. Não dá para se conformar com isso.

Que mais podemos fazer para impedir que essa mudança ocorra de forma tão autoritária?

No momento, estamos empenhados em postar textos e artigos contra (e favoráveis também) à mudança do 'nosso' fuso horário. Estamos, diplomaticamente, apelando para que a mudança só aconteça mediante consulta pública. Afinal, mudança como essa acontece uma vez a cada 100 anos!

Estamos quase entregando os pontos. Especialmente depois que concluímos que o encontro do Senador com o Presidente Lula foi a oportunidade que faltava para que ele, o Senador, acertasse a data para a sanção presidencial. Tudo agora é apenas uma questão de dias.

Sou da opinião de que está saindo muito barata essa mudança. Uma barganha. O consolo é que ela vai ficar nos anais da história. O futuro dirá quanto ela custou aos acreanos.

Por considerar a mudança uma barganha é que não tenho conseguido parar de pensar em Diogo Mainardi nestes últimos dias. Estou começando a achar que ele, no fundo, tinha boas razões quando afirmou que o Acre não vale um cavalo.

Se você duvida, então me responda:

- Afinal, o que nós, os acreanos trabalhadores, agricultores, seringueiros, os miseráveis das periferias das cidades, nós que não somos comerciantes, banqueiros e donos de emissoras de TV, vamos ganhar com essa troca de fuso horário?

Consulta pública para a mudança do fuso horário acreano já!
Publicado por Evandro Ferreira 1 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

1 Comments:

Blogger Cronicamente Inviável said...

A propósito do título do post, será que resta alguma dúvida quanto a isto? Primeiro que o que o Mainard diz não se escreve em quadro negro algum. O que um garoto da cidade grande, que pensa que galinha nasce no departamento de frios do supermercado, pode muito saber sobre o nosso Estado? Não acho legítimo pegar carona nas piadinhas preconceituosas de um cara tão obsecado em ser anti-PT, que até se esqueceu de ser jornalista.

12:01  

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home