AMBIENTE ACREANO: UNIFICAÇÃO DO FUSO, UNIFICAÇÃO DA AMAZÔNIA E A CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

quinta-feira, abril 17, 2008

UNIFICAÇÃO DO FUSO, UNIFICAÇÃO DA AMAZÔNIA E A CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA

Mário José de Lima
Economista

Tem argumentos brandidos com tamanha segurança que a gente se vê impelido a parar e buscar uma compreensão para eles por mais claros que sejam, fica a sensação que, de repente, ficamos incapazes de entender qualquer argumento, ficamos burros. Será que tais afirmações são verdadeiras? Qual a base para tamanha certeza?

Uma dessas afirmações está sendo atribuída ao senador Tião Viana nesta notícia: "...a unificação dos dois fusos irá unificar a Amazônia ocidental e irá reduzir os problemas causados a redes de TV e rádio, no que diz respeito à classificação etária."

Como a unificação dos fusos permitirá que se afirme a unificação em termos tão gerais? Como UNIFICARÁ a Amazônia?

Sei não. A mim, parece, apenas, uma frase de efeito. Um mero esforço de explicação para o que está sendo feito à revelia dos realmente interessados.

A segunda parte da afirmação - como num ato falho - explica, verdadeiramente, as razões da "unificação" que se limita a "unificação dos fusos". Ponto. Nada mais do que isso: atender aos interesses das emissoras que não precisam realizar qualquer mudança para atender ao que pretendia o Ministério da Justiça.

Mas, tem outro ponto que deveríamos examinar. Atenderá, a tal unificação, os interesses do Ministério da Justiça, quanto a classificação da programação? A mudança, também, não servirá para atender aos objetivos de classificação da programação. Todos sabem que ao empurrar a programação orientada para adultos para horários no final do dia, tarde da noite, o que se pretende é que as famílias sirvam-se do fato de que as crianças dormem mais cedo. Como esperar que as crianças durmam com um "solzão" na cara? Certamente, considerando a luminosidade e o calor, não se desenvolverá essas mudanças na hora de dormir das famílias que, já atualmente, estendem as cadeiras nas calçadas esperando uma redução da temperatura.

Como o senador tem argüido que a economia de energia, ou seja, a economia de combustível, tem a ver com a sua convicção, é de se esperar que, brevemente, teremos a inclusão da região acreana ao programa do horário de verão. Aí, sim, vai ficar melhor.

No Sudeste, durante o horário de verão, começa a escurecer depois das sete da noite. Em Rio Branco começará a escurecer a que hora? Aqueles passeios pelo calçadão deixarão de efetuados por um motivo muito simples: quando as calçadas esfriarem, permitindo um passeio tranqüilo e refrescante, já será muito tarde para andar pelas ruas, será hora de recolher e procurar as camas - isso se for possível agüentar a cama para dormir.

...é, mas o que importa mesmo é UNIFICAR A AMAZÔNIA...então, Evandro, do que estávamos falando mesmo?
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home