AMBIENTE ACREANO: DEPUTADOS CRITICAM MUDANÇA DE HORÁRIO SEM CONSULTA POPULAR
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

quinta-feira, junho 26, 2008

DEPUTADOS CRITICAM MUDANÇA DE HORÁRIO SEM CONSULTA POPULAR

Gina Menezes
O Rio Branco

Os poucos deputados que compareceram à sessão de ontem da Assembléia Legislativa do Acre (Aleac), a grande maioria da oposição, aproveitaram o tempo na tribuna da casa para criticar a mudança de horário no Acre sem que a população tivesse sido ouvida sobre o assunto. Para o deputado Mazinho Serafim (sem partido) houve uma falta de respeito com a população acreana quando não foi realizado um plebiscito sobre o assunto. Ele diz que a vontade da opinião da população não foi ouvida e que a vontade dos acreanos está sendo agredida. “Onde andamos a população reclama sobre esta mudança de horário. Todos foram pegos de surpresa”, diz.

Antonia Sales (PMDB) diz que a população de Cruzeiro do Sul a exemplo do resto do Estado está descontente com o novo horário. Ela diz que algumas pessoas estão dispostas a resistir, mantendo-se de acordo com antigo horário, o que poderá causar alguns transtornos, principalmente na rede escolar. De acordo com a parlamentar os moradores daquela região pretendem fazer protesto em frente à câmara municipal de vereadores de Cruzeiro do Sul.

Idalina Onofre ( PPS) diz que a população esta revoltada com a mudança de horário e que tem havido prejuízos em decorrência do novo horário. “Os trabalhadores tem que levantar uma hora mais cedo, algumas vezes ainda na escuridão, os estudante podem ter o rendimento escolar comprometido”, diz.

Idalina que a exemplo de Antonia Sales também é moradora de Cruzeiro do Sul diz que a população daquele município diz que desta vez os moradores ficam ainda mais expostos à violência. Ela se refere às pessoas que tem que acordar mais cedo para ir às escolas e ao trabalho. “Quem garante a segurança destas pessoas que tem que sair de casa de madrugada praticamente?” questiona.

O novo horário entrou em vigor no último dia 24 e deixa o Acre a apenas uma hora de diferença do horário de Brasília. A lei 11.662 altera o fuso horário do Acre (que vale também para Amazonas e Pará) foi sancionada pelo Presidente Lula no último dia 24 de abril a partir de lei de autoria do senador Tião Viana. Com a mudança, em vez de quatro, o Brasil passa a ter três horários diferentes.

Crédito da imagem: Folha do Acre
Publicado por Evandro Ferreira 2 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

2 Comments:

Blogger Isaac Melo said...

Caro Evandro,
Sinceramente esse "papo" agora de revolta de alguns políticos acreanos, agora devido a mudança do fuso horário não combina mais, por que não se manifestaram antes? Agora que a maioria da população está revoltado, querem dá uma de "sempre estivemos do lado do povo". Oportunismo!
Abraço,
Isaac Melo

07:36  
Blogger acreucho said...

Essa de os deputados criticarem o fuso é pura demagogia eles tinham era que ter impedido o Tião de fazer o que fez...

22:27  

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home