ambiente acreano: O ABACAXI GIGANTE DE TARAUACÁ
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

sábado, março 15, 2008

O ABACAXI GIGANTE DE TARAUACÁ

Altino Machado 'passou a bola' para que eu ajudasse o Sr. Antonio Goulart a conseguir mudas do abacaxi gigante de Tarauacá. Não é minha 'praia', mas como morei naquele município em meados dos anos 70, conheço um pouco das histórias sobre a fruta gigante.

Infelizmente é verdade o que o Altino comenta sobre o fato das mudas do abacaxi gigante não crescerem de forma tão exagerada quando são cultivadas em outras localidades, que não as terras tarauacaenses. Dizem até que na própria terra natal, ele só fica grande quando é cultivado na região do Igarapé Preto, uma pequena colônia agrícola localizada a cerca de 10 km da cidade.

Não me pergunte o porque disso Sr. Goulart. Na época que morei por lá se comentava que o solo daquela região era radiativo etc. Lendas rurais. Recordo que algum tempo depois pesquisadores, incluindo os da Embrapa-Acre, foram ao município para tentar entender o segredo do abacaxi gigante. Não tenho certeza, mas creio que o Herbert Cavalcante, um acreano que era ou ainda é Diretor da Embrapa nacional, fez alguns estudos sober a fruta.

No final dos anos 80 e início dos anos 90 havia um pesquisador na Embrapa-Acre, Rogério Ritzinger, que realizou trabalhos com frutas nativas do Acre, incluindo o abacaxi. O resultado de seu trabalho foi publicado em 1996, na forma de um folder recomendando quatro cultivares de abacaxi no Acre (clique aqui para acessar o folder). Aparentemente, nenhuma das variedades era derivada do abacaxi gigante de Tarauacá.

De concreto, o que sei é que o material genético (mudas) do nosso abacaxi está no Banco de Germoplasma de abacaxi do Centro Nacional de Pesquisa de Mandioca e Fruticultura Tropical, Cruz das Almas, Bhaia (Embrapa-Fruticultura). Isso já faz mais de 15 anos e até hoje não foi desenvolvido material comercial apartir do abacaxi tarauacaense.

Para saber as razões, sugiro ao Sr. Antonio Goulart escrever para o pesquisador Rogério Ritzinger, que, por coincidência, está trabalhando na Embrapa em Cruz das Almas.

Se mesmo assim o Sr. Goular tiver interesse em obter mudas do abacaxi diretamente da cidade de Tarauacá, sugiro escrever ou entrar em contato com o escritório local da Secretaria de Agricultura em Tarauacá (endereço abaixo).

Endereços importantes:

Rogério Ritzinger
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Centro Nacional de Pesquisa de Mandioca e Fruticultura Tropical, Cruz das Almas-BA. Rua Embrapa, sn. CEP 44380000 - Cruz das Almas, BA - Brasil - Caixa-Postal: 007
Telefone: (75) 6218059 Fax: (75) 6211118
URL da Homepage: http://cnpmf.embrapa.br

Secretaria de Agricultura-Tarauacá
Tel: (68) 3462-1352
Rua Floriano Peixoto, 455, Centro - Tarauacá - AC - CEP: 69970-000

Crédito da imagem: Ricardo Albuquerque, originalmente publicada no Blog do Altino
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home

Photobucket