AMBIENTE ACREANO: MUDANÇA DO FUSO HORÁRIO DO ACRE: A VOZ DE QUEM É A FAVOR
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

domingo, abril 13, 2008

MUDANÇA DO FUSO HORÁRIO DO ACRE: A VOZ DE QUEM É A FAVOR

Confuso Horário do Acre*

Roberto Feres
Engenheiro Civil

Se há uma coisa que me intriga aqui no Acre é o fuso horário que o estado adota. Não me parece razoável estarmos entre Rondônia e Pando (Bolívia), com menos uma hora em relação a Brasília (GMT –4:00), e termos uma hora de diferença em relação a ambos.

Fiz alguns gráficos mostrando os horários de nascente, Sol-a-pino e poente para as coordenadas de Rio Branco e gostaria que vocês vissem (veja ao lado).

O da esquerda é para a situação atual, com Rio Branco no fuso de 5 horas (GMT –5:00). Notem que o dia começa muito cedo e na maior parte do ano o Sol nasce antes da 5:30, quer dizer, já é claro naquela hora.

Como grande parte das atividades urbanas começa após as 7:30, desperdiçamos horas valiosas quando a temperatura é agradável e a iluminação intensa.

Por outro lado, o Sol está a pino próximo às 11:30 e antes das 18:00 já é noite. Além de aproveitarmos menos o período claro, o calor do final da manhã é muito grande e o início da tarde insuportável.

No gráfico da direita mostro como ficaria o horário de nascer e por do Sol caso os relógios locais fossem adiantados em uma hora, isto é, se o fuso ficar em GMT –4:00 durante todo o ano. Esse é o horário de Rondônia, Mato Grosso, Amazonas e o de Pando (Bolívia), que fica a leste do Acre.

Vejam que o Sol nasce antes da 6:30 durante quase todo o ano, isto é, uma hora para iniciar a maioria das atividades urbanas locais.

O Sol a pino acontecerá por volta das 12:30, deixando as manhãs menos quentes e a noite começará a cair às 18:30, aumentando o período útil do dia.

Numa situação assim, Rio Branco passaria a ficar defasada de apenas uma hora de Brasília durante a maior parte do ano e duas horas nos horários de verão.

As vantagens econômicas disso são enormes e ajuda a resolver até alguns problemas com o expediente bancário e a programação de TV.

Arrisco dizer que serviços como o dos transportes coletivos poderiam ter um ganho de produtividade entre 5 e 10%, com redução de horas extras e equilíbrio de demandas.

*Originalmente publicado no blog Andando pela Cidade em 19/04/2004

NOTA DO BLOG: A argumentação do Feres é consistente, mas mudança de fuso horário não deve ser promovida da forma como vai acontecer no Acre: a vontade de uma só pessoa, no caso o Senador Tião Viana, que havia prometido plebiscito para ir a vante com a idéia e agora, inexplicavelmente, vai promover a mudança usando apenas seu prestígio político.

Eu sempre votei em Tião Viana, desde que ele se candidatou a primeira vez, não lembro nem para que cargo. Entretanto, sua atitude autoritária em relação ao nosso fuso horário é uma 'facada nas costas' daqueles que sempre acreditaram nele.

Faço minhas as palavras de um dos leitores do Blog do Altino, quando afirma que 'Sou eleitor do senador, mas tenho o direito de ter opinião contrária a dele ou o mandato que demos a ele dá o direito de decidir tudo por nós? Se for assim deixarei de ser eleitor do mesmo".
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home