AMBIENTE ACREANO: O FRACASSSO DO NOVO FUSO HORÁRIO DO ACRE!
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

quarta-feira, julho 09, 2008

O FRACASSSO DO NOVO FUSO HORÁRIO DO ACRE!

População insatisfeita com novo horário do Acre pede plebiscito popular

"Não pensou o eminente Senador, no problema que acarretaria às milhares de crianças que agora estão chegando às escolas nas escuras, correndo sérios perigos até mesmo de assalto, e pior, sem tomar nem café porque as padarias não abrem pela madrugada, motivadas pelo o medo da violência, esse mesmo medo que impedem também os pais a sair às escuras a procura desse alimento salutar para suas crianças"

Ecos da Notícia

Rio Branco-AC (08/07/2008) - Nossos Ilustres representantes no congresso Nacional, especialmente na pessoa do nosso ilustre Senador Tião Viana, autor do projeto de Lei que muda o fuso horário do Acre, não pensou ao projetar o referido projeto, que o problema no horário do Acre, está apenas no sistema bancário, em virtude da diferença de duas horas que havia antes da mudança, não pensou o eminente Senador, no problema que acarretaria aos milhares de crianças que agora estão chegando às escolas nas escuras, correndo sérios perigos até mesmo de assalto, e pior, sem tomar nem café porque as padarias não abrem pela madrugada, motivadas pelo o medo da violência, esse mesmo medo que impedem também os pais a sair às escuras a procura desse alimento salutar para suas crianças.

fuso_horario_capa.jpgPergunto? Não seria melhor adequar um horário para os Bancos! Tendo estes os mesmos direitos de iniciarem suas atividades como inicia as repartições publicas, as escolas, o comércio e tantos outros. Ou seria melhor mesmo os bancos serem os grandes privilegiados! Abrindo mais tarde, e fechando mais cedo? No meu entender isso é discriminação.

Outro problema que está sendo muito reclamado são os fiéis católicos que costumam freqüentar a missa das seis horas na catedral, é que o novo horário está fazendo com que estes fiéis deixem de vir às celebrações neste horário, motivados pelo o medo da violência em sair de madrugada de casa.

Lembramos ainda que a economia pretendida no consumo de energia, não se economiza nada, porque na madrugada, também precisamos da energia. Diante do exposto, sugiro seja feito um plebiscito, e veja realmente se é isso que está aí que o povão quer.


Raimundo Rodrigues de Oliveira
Pai e servidor publico.
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home