AMBIENTE ACREANO: PARTO HUMANIZADO AJUDA A CONTROLAR A DOR
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

sexta-feira, julho 18, 2008

PARTO HUMANIZADO AJUDA A CONTROLAR A DOR

Técnicas aprimoram parto humanizado, proporcionando controle da dor

Roberta Monteiro
Agência Fiocruz de Notícias

Com o objetivo de oferecer um parto cada vez mais seguro e humanizado, o Instituto Fernandes Figueira (IFF) da Fiocruz, referência nacional em gravidez de alto risco fetal, busca aprimorar ainda mais a humanização dentro da maternidade. Para isso, vem implementando o uso de novas técnicas, especialmente nos momentos que envolvem o trabalho de parto e o próprio parto. Para a responsável pelo Centro Cirúrgico Obstétrico do IFF, Luciana Fillies, o parto humanizado direciona toda a atenção às necessidades da mulher e proporciona a ela o controle de possíveis reações, inclusive da dor, no momento do nascimento do bebê.

 O parto humanizado inclui som ambiente com músicas da preferência da gestante, banho morno, estímulo para caminhar e massagens (Foto: IFF/Fiocruz)

O parto humanizado inclui som ambiente com músicas da preferência da gestante, banho morno, estímulo para caminhar e massagens (Foto: IFF/Fiocruz)

De acordo com Luciana, durante o trabalho de parto, a mulher pode ter necessidade de descansar numa posição mais confortável. Logo, a equipe do Departamento de Obstetrícia vem utilizando a bola suíça, que propicia alívio das contrações e do desconforto lombar e dos membros inferiores. Além disso, a gestante conta com som ambiente, com músicas de sua preferência, banho morno em pé ou sentada, estímulo para caminhar e massagens feitas com óleo e massageador específico em região lombar. “A humanização está relacionada ao treinamento de recursos humanos no lidar com a mulher, no estímulo ao acompanhante no trabalho de parto e durante o parto, no contato pele a pele do recém-nascido com a mãe logo após o nascimento e no estímulo ao aleitamento materno”, esclarece a chefe de enfermagem da maternidade do IFF, Adriana Peixoto.

O IFF atende em média a 80 gestantes de alto risco por dia, encaminhadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2007, fez 432 partos normais e 505 cesarianas e a média deste ano tem sido de 80 partos por mês. Segundo Luciana, o parto humanizado é fundamental para ajudar a gestante de alto risco em trabalho de parto. Afinal, a liberdade de movimento e as posições escolhidas pela mulher oferecem maior conforto e alívio das contrações, o que facilita a passagem do bebê pelo canal de parto. “O parto humanizado permite que a gestante responda à dor de forma positiva, o que pode acelerar o processo do trabalho de parto e tornar o momento mais tranqüilo”, explica Luciana.
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home