AMBIENTE ACREANO: R$ 38,00 A SACA. PREÇO DO CIMENTO NO ACRE É UM ESCÂNDALO!
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

quinta-feira, julho 17, 2008

R$ 38,00 A SACA. PREÇO DO CIMENTO NO ACRE É UM ESCÂNDALO!

Alta do cimento no Acre pode provocar grave crise no setor da construção civil. Empresários já falam em reajustar contratos com o Estado e Prefeituras por conta do preço exagerado do produto

Em 30 de junho já havíamos alertado que se nada fosse feito, o preço do cimento no Acre iria disparar e atingir valores escandalosos.

Pois bem. Demorou pouco. Ontem (16/07) comprei uma saca de cimento ao preço de R$ 38!

É ou não uma pouca vergonha? Um escândalo!

Havíamos sugerido, inclusive, que o governo do Acre intercedesse junto à Votorantim, fabricante que abastece a maior parte do Acre e Rondônia, para que ela garantisse suprimento extra do produto para o nosso Estado. Fiz a sugestão porque sabia que Ivo Cassol, Governador de Rondônia, falou grosso e conseguiu que a Votorantim enviasse 60 mil sacas adicionais para Rondônia não parar neste verão.

E o do Acre, que fez? Parece que nada. Deixou a situação ficar fora de controle.

Outro alerta foi feito em meados de junho (16), quando afirmamos textualmente que:

"Dessa forma, nesta questão das obras públicas ou os empresários ficam no prejuízo (o que é quase improvável) ou o Governo e Prefeitura terão que assinar termos aditivos reajustando o valor das obras, assumindo o custo extra do aumento exagerado dos materiais de construção.

O Governo do Estado bem que poderia agir para evitar um possível desabastecimento, a elevação exagerada dos preços e um possível prejuízo aos seus cofres".

Pois bem. Profetizei algo que está se concretizando. Parece que ninguém no governo lê meu blog, mas alguns empresários não são bobos. Em um site de notícias local leio que Carlos Sasai, presidente do Sinduscon-Acre, informa que "no Acre, o alto custo da saca do cimento é tão preocupante que as obras que já foram contratadas estão saindo com uns 40% a mais do que foram orçadas. As empresas acreanas têm mais de R$ 500 milhões em obras contratadas e se não for normalizado o abastecimento do cimento, teremos que paralizá-las para rever os contratos".

Taí. A inércia do Governo vai abrir brecha para que os empresários peçam reajustes nos contratos! Extamente como havíamos previsto.

E quem paga a conta? Nós, os contribuintes, que sustentamos o Governo com os nossos impostos. Quem é o culpado dessa incompetência?

Peço a algum leitor que tenha conexões com a cúpula do Governo do Acre que avise a ela que o Estado pode parar por conta do preço escandaloso do cimento. E para atiçar o ego das autoridades, informe que o O Governador de Rondônia, Ivo Cassol, resolveu parte do problema de escassez de cimento em seu Estado.

Lá está praticamente descartado o risco de crise na construção civil por conta da falta ou preço escandalosamente alto do cimento. Aqui, se depender do preço, tudo pode parar em poucas semanas.

Evandro Ferreira
Blog Ambiente Acreano

...............................................................................................................................................................
Clique abaixo para ler artigos relacionados ao escândalo que tem sido a questão do preço do cimento no Acre:

- O preço do cimento disparou! Alguém tem que fazer alguma coisa! (16 de junho)
- O alto preço do cimento no Acre (18 de junho)
- Fábrica de cimento da Votorantim em Rondônia (30 de junho)
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home