AMBIENTE ACREANO: PIADA DO DIA NO AC24HORAS
Google
Na Web No BLOG AMBIENTE ACREANO

sexta-feira, setembro 04, 2009

PIADA DO DIA NO AC24HORAS

Postos de Rio Branco baixam preços de combustíveis e exercem livre concorrência

O Ministro das Minas e Energia já avisou: - Não é deste governo a intenção de promover a distribuição de combustíveis por preço abaixo do custo - disse Lobão. Mas mesmo sem subsídio, alguns postos de combustíveis em Rio Branco estão baixando os preços e a chamada bandeira verde, visa à manutenção de clientes fidelidade.

Em outras palavras: a acirrada concorrência no âmbito empresarial finalmente chega ao bolso do consumidor da capital. É notável o esforço para o chamamento e manutenção de clientes. Cafezinho, água gelada, suco, sorteios, prêmios e promoções fazem parte das estratégias de marketing dos gerentes de postos, como Inauara Camila.

"Aqui será o Posto da Promoção", revelou. A campanha tímida que garante duas vezes por semana, o menor preço de gasolina do Estado, a R$ 2,79 o litro, está atraindo clientes que passaram a se informar por telefone os horários promocionais.

"Fora da promoção o nosso preço ainda é o menor. Sempre pela manhã ou pela tarde vendemos gasolina a R$ 2,86 o litro. O aumento foi de 20% em nossas vendas, sem contar com as outras marcas e produtos oferecidos pela distribuidora", acrescentou.

Em outras regiões da cidade, os preços ainda têm uma tímida variação entre dois e três centavos, mas, segundo Delano Silva, presidente do Sindicato dos Derivados de Petróleo e Revendedores de Combustíveis do Estado do Acre, a tendência é que outros donos de postos também reduzam seus preços.

"Quanto maior o número de consumidores, maior o lucro. Quem perder clientes vai ter que criar sua estratégia e quem está ganhando com isso é a população", disse o presidente.

Delano assegura que a redução de 8% comunicada pela Petrobras no preço do Diesel, não chegou à mesma proporção ao consumidor por causa das transportadoras que mantiveram os valores de frentes inalterados. De R$ 2,45 o preço do óleo baixou para R$ 2,35 em Rio Branco.

"O combustível que chega ao Acre é transportado por Balsa de Manaus e depois via terrestre até chegar a Rio Branco", informou.

Além desses fatores, o setor que gera 600 empregos diretos no Acre, não tem incentivo. O pagamento de altas taxas tributárias, segundo Delano, recua a oferta de empregos e a realização de mais promoções. A capital possui 40 postos distribuidores de combustíveis que disputam o concorrido mercado de 90 mil veículos.

Como o leitor está ansioso para saber o endereço do "Posto da Promoção", é importante acrescentar que fora das ofertas relâmpagos realizadas na esquina da Rua 10 de junho, na entrada do bairro Tropical, a média de preços praticados no Estado é considerado um dos mais caros do Brasil, ficando atrás somente das cidades de Alta Floresta (Cuiabá) e do estado de Roraima.

Jairo Carioca - da redação ac24horas
js.carioca@hotmail.comEste endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email
Rio Branco, Acre

Ilustração: Ac24Horas

NOTA DO BLOG: a nota 'exaltando' a 'livre' concorrência entre os postos revendedores de combustível no Acre é, para mim, motivo de desconfiança...sei não...tem algo por trás...será que o MP resolveu agir contra as empresas que controlam os preços no mercado local? O mesmo grupo que - milagrosamente - consegue manter o preço álcool vendido em Rio Branco sempre em valores acima de 70% do preço da gasolina - não importa se na safra ou entre-safra da cana, quando preço de 1 litro de álcool nos postos de São Paulo fica mais barato do que uma garrafa de 500 ml de água mineral. 'Ferro neles MP!'
Publicado por Evandro Ferreira 0 comentários Digg! Link Permanente Envie este artigo para um amigo

0 Comments:

Postar um comentário

Link permanente:

Criar um link

<< Home